sábado, 26 de setembro de 2009

NENHUM MISTÉRIO

Ronaldo Bastos

Nenhum mistério irá secar
A fonte desse nosso desejo
Um raio de sol
A felicidade
Ninguém apagará

Quem no espanto de traduzir
Desnuda a flor de tanta beleza
Ninguém vai cegar
A luz das estrelas
Nem sanha de ladrões

Agora é nossa hora de viver
De enfrentar a fúria dos leões
Plantar a esperança pra colher
A paz que move nossos corações

Nenhum bandido nos roubará
Desnuda tão vibrante energia
Um raio de sol, um céu radiante
Ninguém apagará

Quem no lampejo de traduzir
Desnuda tão vibrante energia
Ninguém vai levar a nossa alegria
Ao fundo dos porões

Agora é nossa hora de viver
De enfrentar a fúria dos leões
Plantar a esperança pra colher
A paz que move nossos corações

Na minha opinião, o autor fala que nada atrapalhará os seus desejos, que a felicidade vai estar sempre presente, que está na hora de viver e enfrentar todos os obstáculos e que a beleza está em todo o universo, assim como a paz e a alegria está no coração de todos.

Fonte da música: letras.terra.com.br

Um comentário:

  1. Isso mesmo, Eudes. Mas vale a pena pensar no convite à luta!
    Um abraço!

    ResponderExcluir